Meu humor



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, COPACABANA, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Livros, Viagens
MSN -




Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Criaturas sem noção
 


Alguém aí já teve uma yorkshire?

Fazia mais de 25 anos desde que convivi com cachorrinhos pela última vez. Tive uma pincher na infância, mas ela morreu quando eu tinha 18.

Não me lembro dela demandar tanta atenção assim.

 



Escrito por Cristovam às 10h07
[] [envie esta mensagem
] []





Deu no The Guardian.

http://www.guardian.co.uk/world/2009/jul/23/brazil-moustache-protest

A tradução, para os meus amigos que não lêem em inglês:

Ele já foi um símbolo de poder e sofisticação. De Hulk Hogan a Adolf Hitler, Albert Einstein a Edward Elgar, o bigode estava em toda parte. Mas hoje, com os pelos faciais fora de moda, ele adquiriu um novo papel na vida pública – um veículo de protesto.

A prova está no Brasil, onde eleitores criaram a greve do bigode para registrar seu descontentamento com os recentes escândalos políticos. A campanha convoca brasileiros descontentes a deixarem seus bigodes crescerem e então postarem fotografia num blog (tiremobigode.blogspot.com)

Os bigodes são uma referência a José Sarney, o presidente do Senado brasileiro, que está respondendo a acusações de nepotismo e apropriação, e é famoso pelo vistoso conjunto de pelos que lhe adorna lábio superior. Os insatisfeitos dizem que só se pogonotomizarão* novamente quando o senado se livrar do presidente.

 “É uma forma de contagiar pessoas que acreditam ser a política aborrecida e que normalmente não se envolve,” diz Ricardo Silveira, 30, o diretor de arte paulista que criou a campanha. As regras estipulam que homens devem cultivar um bigode genuíno, enquanto mulheres e crianças podem usar postiços. Ontem, cerca de 100 pessoas se juntaram ao protesto, com visitantes sendo convidados a votar no melhor bigode em exposição.

O uso do bigode como ferramenta de campanha está se espalhando sobre o planeta. No último novembro, milhares de homens por todo o mundo cultivaram bigodes como parte de uma campanha para combater o câncer de próstata. Em 2007, trabalhadores de uma pequena cervejaria na Georgea, EUA, também fez um “protesto do bigode”, depois que o governo estadual atrasou no fornecimento da licença.

Contudo, a efetividade do protesto do bigode não é claro. Analistas dizem que Sarney, um dos poderosos apoiadores da coalizão governamental, que foi presidente do país por cinco anos, deve sobreviver. A greve pode ainda se virar contra os próprios manifestantes. A namorada de Viton Araújo, a outra força por trás do protesto, está aparentemente furiosa por causa do bigode do parceiro, e já ameaçou raspá-lo durante o sono. Silveira, no entanto, tornou-se o alvo de gozadores próximos de seu escritório em São Paulo, que começaram a gritar: “Hei, Borat!”.

 

* Enriqueça seu vocabulário: farão a barba.

 



Escrito por Cristovam às 10h09
[] [envie esta mensagem
] []





Muito sem noção a companhia de lixo daqui do Rio. São 15 pras 11 da noite, e eles mandaram um caminhão com um barulho horrível pra coletar os detritos.

É possível uma coisa dessas? E eu mesmo respondo: não... Um absurdo.



Escrito por Cristovam às 22h48
[] [envie esta mensagem
] []





quase vinte dias sem atualização... Muita coisa aconteceu, mas a preguiça do registro falou mais alto. Voltando, então à ativa no blog.

Olha só que coincidência: no dia em que comemorei 12 anos de iniciação no Candomblé, o Estado do Rio de Janeiro transformou a minha religião em patrimônio imaterial.

Achei show!!!!!

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2009/07/17/candomble-patrimonio-imaterial-do-estado-756872936.asp

Leiam a notícia.



Escrito por Cristovam às 12h46
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]